ONU quer maior cooperação entre Brasil e Angola na merenda escolar | Rebrae
quarta, 15 de agosto de 2018

ONU quer maior cooperação entre Brasil e Angola na merenda escolar

ONU quer maior cooperação entre Brasil e Angola na merenda escolar

por Rebrae 09/04/18

O Programa Mundial de Alimentação (PMA) das Nações Unidas, anunciou no dia 26 de março que pretende promover uma maior colaboração entre o Brasil e Angola na área da segurança alimentar e merenda escolar. A informação foi dada à ONU News, em Nova Iorque, pela diretora do PMA para África Austral e Oceano Índico, Lola Castro, que anunciou uma viagem ao Brasil, onde deve discutir uma iniciativa que envolve agricultura familiar e alimentação nas escolas.

“Angola também quer trabalhar na merenda escolar. Estamos a trabalhar para ir ao Brasil para ver aquele projeto da Fome Zero e também a merenda escolar brasileira, que está ligada aos pequenos camponeses que produzem e vendem para as escolas. Com isso, as crianças vão ter uma alimentação diversificada. A ação também apoia o camponês e aumenta a renda e a segurança alimentar na família,” disse Lola Castro.

Segundo o Ministério da Educação de Angola, o país aprovou a iniciativa para promover programas da alimentação nas escolas em 2013. Os programas são ligados à produção local. Com o projeto pretende-se também  garantir uma educação de qualidade, combater a taxa de reprovação nas escolas, aumentar a retenção e ajudar as crianças em idade escolar a cumprir as metas com uma melhor nutrição.

Lola Castro disse que a experiência do PMA envolvendo o Brasil também deu bons resultados na região africana.

Boa experiência

“Estamos a falar de Angola, mas vou falar também de uma boa experiência em Moçambique. Temos estado a trabalhar com o governo moçambicano e outros doadores para verdadeiramente aumentarmos a merenda escolar.”

De acordo com o PMA, um estudo de sustentabilidade da alimentação escolar na União Africana contou com o apoio do Brasil. Em todo o continente, pelo menos 40 países implementam a iniciativa.

Mais de 26 milhões de crianças africanas se beneficiam de merenda escolar, e destes 10 milhões recebem alimentos diariamente.

A merenda escolar é uma das ações do Programa Mundial de Alimentação na ÁfricaPMA/ONU/Simon Pierre Diouf

Fonte: EBC Agência Brasil, por Augusto Queiroz



Ver todas as notícias


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/rebrae/www/wp-includes/functions.php on line 3743

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/rebrae/www/wp-includes/functions.php on line 3743